Archive for Maio, 2009

Entrevista de Craig Thompson no Gibizada

Maio 30, 2009

Hoje saiu uma ótima matéria do Télio Navega no caderno “Prosa e Verso” do jornal O Globo sobre os novos lançamentos de HQs pela editora Companhia das Letras (sob o selo Quadrinhos na Cia). Ele também faz uma entrevista com Craig Thompson, autor de “Retalhos”, que pode ser conferida no seu blog Gibizada.

Retalhos (Blankets) é minha HQ favorita. Jamais li qualquer quadrinho que se comparasse a este. Eu sempre me interesso por histórias sobre relacionamento, desencontros, amor e separação. E Retalhos fala sobre isso tudo em suas mais de 600 páginas.

blankets
Na minha humilde opinião, é obra de arte em forma de quadrinhos. Imperdível!

Anúncios

Quadrinhos espanhóis: Nacho Casanova

Maio 28, 2009

nachocasanova
Como eu comentei anteriormente, minha mala veio cheia de HQs novas – quase todas de quadrinistas espanhóis. A medida que eu for lendo-as, vou postando aqui. As primeiras que li foram “Autobiografía no autorizada” volumes 1 e 2, de Nacho Casanova. Seu desenho é simples, mas combina com as histórias, que são divertidas. Elas relatam situações do cotidiano, como por exemplo dois amigos conversando sobre mulheres ou um casal discutindo a relação.

Quem quiser saber mais sobre as obras de Nacho Casanova, pode visitar seu blog aqui.

Férias

Maio 18, 2009

Ando um pouco afastado do blog por causa das minhas (merecidas) férias. Mas isso não quer dizer que eu esteja afastado dos quadrinhos. Na verdade, estou tendo a oportunidade de conhecer muitas HQs diferentes.

Minha primeira parada foi na fnac da praça Catalunia, Barcelona. Fui direto para seção de quadrinhos, que obviamente é maior que no Brasil. Como eu sou rato da Amazon.com, posso afirmar que é possivel encontrar todas as graphic novels americanas traduzidas para o espanhol, inclusive os lançamentos, e com um detalhe: em edições superiores. Os livros do Daniel Clowes, por exemplo, só em capa dura. “Blankets” também. Isso sem falar que muitas são em tamanho maior. As ótimas HQs ( three Shadows, Notes for a War Story etc.) que a editora First Second publica nos EUA (e pecam apenas pelo seu tamanho), podem ser compradas em tamanho decente nas edições em castellano.

Mas eu estava interessado mesmo era nas graphic novels espanholas. Como não conhecia nada, pedi uma ajuda e tive uma pequena aula sobre quadrinistas espanhóis com a atendente da fnac. Prometo falar mais sobre eles no futuro.

Pra resumir, o resultado disso tudo foi diversos quadrinhos novos, vários Euros gastos e uma mala pesada para carregar.

HQ MIX

Maio 16, 2009

melhores_08

O Cabeleira já nos trouxe muito mais alegrias do que poderíamos esperar. Tivemos críticas positivas, ouvimos elogios de leitores. E agora fomos indicados ao prêmio HQ MIX. Isso mesmo, logo no nosso primeiro trabalho já recebemos duas indicações: Roteirista Revelação e Publicação Especial Nacional.

Bom demais! O páreo é duro, mas não custa torcer, né?

Só sentimos o Allan Alex ter ficado de fora das indicações. O desenho dele estava fenomenal e com certeza foi grande parte do sucesso do livro. Mas vai aqui uma dica: quem for participar da votação pode escolher o Allan Alex, mesmo ele não estando entre os indicados. Basta marcar “outros” e colocar o nome dele!

Aqui está a lista dos indicados, que tirei do Gibizada:

Desenhista Nacional

1 Fábio Lyra (“Menina Infinito” – Desiderata)
2 Fábio Moon e Gabriel Bá (“Descobrindo São Paulo” – revista Época SP)
3 José Aguiar (“Quadrinhofilia” – HQM)
4 Jozz (“Circo de Lucca” – Devir)
5 Laudo (“Revolução Russa” – Escala Educacional; “Depois da Meia-noite” – Independente
6 Rafael Grampá (“Mesmo Delivery” – Desiderata)
7 Samuel Casal (“Prontuário 666” – Conrad)

Desenhista Estrangeiro

1 Darwyn Cooke (“Spirit” – Panini)
2 Frank Quitely (“Grandes Astros Superman” – Panini)
3-David B (Epiléptico – Conrad)
4 Duncan Fegredo (“Hellboy” – Mythos)
5 Liniers (“Macanudos” – Zarabatana)
6 Enrico Marini (“Predadores” – Devir)
7 Niko Henrichon (“Leões de Bagdá” – Panini)

Roteirista Nacional

1 André Diniz (“Coleção História e Filosofia em Quadrinhos” – Escala Educacional)
2 Adriana Brunstein e Samuel Casal (“Prontuário 666” – Conrad)
3 Daniel Esteves (“Nanquim Descartável” – Independente; “Front” – Via Lettera)
4 Cadu Simões (“Nova Hélade” – Independente Garagem Hermética – Independente)
5 Fábio Lyra (“Menina Infinito” – Desiderata)
6 Fábio Moon e Gabriel Bá (“Descobrindo São Paulo” – revista Época SP)
7 José Aguiar (“Quadrinhofilia” – HQM)

Roteirista Estrangeiro

1 Alan Moore (“Promethea” – Pixel)
2 Ai Yazawa (“Nana” – JBC)
3 Brian Wood (“DMZ” – Panini; “Local” – Devir)
4 Charles Burns (“Black Hole” – Conrad)
5 David B. (“Epiléptico” – Conrad)
6 Geoff Johns (“Lanterna Verde”; “JSA” – Panini)
7 Grant Morrison (“Grandes Astros Superman” – Panini) 

Desenhista Revelação

1 Bruno D’Angelo (“O Catador de Batatas e o Filho da Costureira” – JBC)
2 Danilo Beyruth (“O Necronauta” – Independente)
3 Marlon Tenório (“Os 303 de Esparta” – Independente)
4 Olavo Costa (“O Contínuo” – Independente)
5 Hemeterio (“Chibata! João Cândido e a Revolta que Abalou o Brasil” – Conrad)
6 Pablo Mayer (“A Casa ao Lado” – HQM)
7 Tulio Caetano (“Dr. Bubbles & Tilt” – Zarabatana)

Roteirista Revelação

1 Alex Mir (“Tempestade Cerebral” – Independente)
2 Dalton Correa Soares (“O Contínuo” – Independente)
3 Leandro Assis e Hiroshi Maeda (“O Cabeleira” – Desiderata)
4 Marlon Tenório (“Os 303 de Esparta” – Independente)
5 Olinto Gadelha (“Chibata! João Cândido e a Revolta que Abalou o Brasil” – Conrad)
6 Ricardo Giassetti (“O Catador de Batatas e o Filho da Costureira” – JBC)
7 Rodrigo Alonso (“Eterno” – Independente)

Ilustrador Nacional

1 Adams Carvalho (Folha de São Paulo)
2 Alarcão (livros infantis)
3 Éber Evangelista (revista Aventuras na História)
4 Fernando Vilela (livros infantis)
5 Kako (revista Aventuras na História)
6 Odilon Moraes (livros infantis)
7 Weberson Santiago (Folha de São Paulo, revista Getúlio) 

Tira Nacional

1 Amely (Pryscila Vieira – PubliMetro)
2 Chiclete com Banana (Angeli – Folha de São Paulo)
3 Mulher de 30 (Cibele Santos – PubliMetro)
4 Níquel Náusea (Fernando Gonsales – Folha de São Paulo)
5 Quase Nada (Fábio Moon & Gabriel Bá – Folha de São Paulo )
6 Piratas do Tietê (Laerte -Folha de São Paulo)
7 Preto no Branco (Allan Sieber – Folha de São Paulo)

Web Quadrinhos

1 Candyland – Capital
2 Clube da Esquina
3 Exploradores do Desconhecido
4 O Homem Nu
5 Meu Mundo Nosso
6 Quadrinhos Ordinários
7 Rei Emir

Publicação Infanto-juvenil

1 Almanaque da Mônica (Panini)
2 Almanaque Maluquinho – O Japão dos brasileiros (Globo)
3 Hunter X Hunter (JBC)
4 Naruto (Panini)
5 Os Pequenos Guardiões (Conrad)
6 Turma da Mônica Jovem (Panini)
7 Xaxado Ano 3 (Independente). 

Publicação de Clássico 

1 Batman ilustrado por Neal Adams (Panini)
2 Che (Conrad)
3 Chiclete com Banana – Antologia (Devir-Jacaranda)
4 Corto Maltese – As Etiópicas (Pixel)
5 O Surfista Prateado vol. 1 (Panini)
6 Tintim No País dos Sovietes (Cia. das Letras)
7 Turma da Mônica Coleção Histórica (Panini)

Publicação de Humor

1 Bone – Estúpidas, Estúpidas Caudas-de-Ratazanas (Via Lettera)
2 Macanudo #1 (Zarabatana)
3 Mad (Panini)
4 Mundo Canibal (Mythos)
5 Níquel Náusea – Em boca fechada não entra mosca (Devir)
6 Piratas do Tietê #3 (Devir)
7 Vale Tudo (Ópera Graphica) 

Publicação Mix 

1 Front #19 (Via Lettera)
2 Front Especial – 100 Anos da Imigração Japonesa no Brasil (Via Lettera)
3 Grande Clã (Independente)
4 Graffiti #18 (Independente)
5 Pixel Magazine (Pixel)
6 Power Trio (Independente)
7 Prática de Escrita (Terracota) 

Publicação Erótica 

1 Cica Dum-Dum (Zarabatana)
2 Clara da Noite (Zarabatana)
3 Clic #3 (Conrad)
4 Emmanuelle (Pixel)
5 Love Junkies (JBC)

Publicação de aventura/terror/ficção

1 100 Balas (Pixel)
2 Delivery Service of Corpse (Conrad)
3 O Garoto Verme (Zarabatana)
4 Leões de Bagdá (Panini)
5 Local (Devir)
6 Mágico Vento (Mithos)
7 Promethea (Pixel)

Edição Especial Nacional

1 Aú Capoeirista (Papel A2)
2 O Cabeleira (Desiderata)
3 Chibata! João Cândido e a Revolta que Abalou o Brasil (Conrad)
4 Menina Infinito (Desiderata)
5 Mesmo Delivery (Desiderata)
6 Noite Luz (Via Lettera)
7 Prontuário 666 (Conrad)

Edição Especial Estrangeira

1 Asterix e seus Amigos (Record)
2 Batman – Preto e Branco (Panini)
3 Escombros (Zarabatana)
4 Frango com Ameixa (Cia. das Letras)
5 Hard Boiled – À Queima Roupa (Devir)
6 Love & Rockets – Pés de Pato (Via Lettera)
7 Revelações (Devir)

Publicação Independente de Autor

1 Gatipos
2 Nanquim Descartável
3 Necronauta
4 Macaco Albino
5 Menino Caranguejo
6 Penitente
7 Tempestade Cerebral

Publicação Independente de Grupo

1 Avenida
2 Café Espacial
3 Contínuo
4 Garagem Hermética
5 Quadrinhópole
6 Samba
7 Zine Royale

Publicação Independente Especial

1 Câncer
2 Consequências
3 Contos das Madrugada
4 Depois da Meia-noite
5 Eterno
6 Muertos
7 Subterrâneo Especial 4

Publicação de tiras 

1 Candido Deodato (HGB Comunicações)
2 Macanudo #1 (Zarabatana)
3 Malvados (Desiderata)
4 Níquel Náusea – Em boca fechada não entra mosca (Devir)
5 Tiras Clássicas da Turma da Mônica (Panini)
6 Tiras de Letras – Até Debaixo D’água (Virgo)
7 Under World (Zarabatana)

Publicação de Charges

1 34º Salão Internacional de Humor de Piracicaba (Imprensa Oficial do Estado)
2 35º Salão Internacional de Humor de Piracicaba (Imprensa Oficial do Estado)
3 No Bico sem Pena! Brás, 15 anos de Charges
4 O Humor Pai D´Égua (Projeto Cultural Lei A. Tito Filho)
5 O LIvro dos Políticos (Heródoto Barbeiro & Bruna Cantele – Ediouro)

Publicação de Cartuns

1 Duke – Desenhos de Humor (Iotti – L&PM)
2 1º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro (catálogo oficial)
3 Humor Politicamente Incorreto (Nani – L&PM)
4 Ninguém é Perfeito (Jaguar – Desiderata)
5 Millôr – Um Nome a Zelar (Millôr – Desiderata)
6 Radicci – Tem Outro por Dentro (Iotti – L&PM)
7 Tulípio #7 (Eduardo Rodrigues & Paulo Stocker – Independente)

Livro Teórico

1 Batman e a Filosofia – O Cavaleiro das Trevas da Alma (Madras)
2 Henfil – O Humor Subversivo (Expressão Popular)
3 História em Quadrinhos – Impresso vs. Web (Unesp)
4 Magia dos Quadrinhos (Edições Bagaço)
5 Nossos Deuses são Super-Heróis (Cultrix)
6 Para o Alto e Avante (Editora Asterisco)
7 Traço a Traço Quadro a Quadro (Editora C/Arte).

Projeto Editorial

1 Calendário Pindura 2009 (Pégasus Alado)
2 O Catador de Batatas e o Filho da Costureira (JBC)
3 Dr. Bubbles & Tilt (Zarabatana)
4 História do Brasil, História Mundial e Filosofia em Quadrinhos (Escala Educacional)
5 Powertrio (Mondo Urbano)
6 As Tiras Clássicas da Turma da Mônica (Panini)
7 Turma da Mônica Jovem (Panini)

Adaptação para outro veículo

1 Aline (tevê)
2 Batman – O Cavaleiro das Trevas (cinema)
3 O Caderno da Morte – Death Note (teatro)
4 A Noite dos Palhaços Mudos (teatro)
5 Homem de Ferro (cinema)
6 Persépolis (cinema)
7 Hellboy II – O Exército Dourado (cinema)

Adaptação para os quadrinhos

1 Desista! (Conrad)
2 Dom Quixote (Escala Educacional)
3 História do Brasil em Quadrinhos (Europa)
4 O Pequeno Príncipe (Agir)
5 A Revolução Russa (Escala Educacional)
6 Heróis da Restauração Pernambucana (Plublikimagem)
7 Triste Fim de Policarpo Quaresma (Cia. Editora Nacional)

Mídia sobre Quadrinhos

1 Banca de Quadrinhos (programa)
2 Bigorna (Internet)
3 Blog dos Quadrinhos (Internet)
4 HQ Além dos Balões (programa)
5 HQ&Cia (programa)
6 Mundo dos Super-Heróis (revista)
7 Universo HQ (Internet) 

Editora do ano

1 Conrad
2 Desiderata
3 Devir
4 JBC
5 Panini
6 Via Lettera
7 Zarabatana

Escrevendo para Quadrinhos

Maio 5, 2009

alanmoorewriting

É fácil encontrar bons livros que ensinam a escrever para cinema. Mas quando se trata de quadrinhos, a história é outra. Embora boa parte do que se aprende nos livros de cinema possa ser aproveitada nos quadrinhos, existe pouca literatura especializada. Um livro interessante sobre esse tema é o “Alan Moore’s writing for Comics”, de apenas 48 páginas e que custa US$5,95. Diferente dos “manuais de roteiro”, Alan Moore está mais interessado em “pensar sobre quadrinhos”, sendo uma inspiração para quem quer contar histórias. O último capítulo é revelador e guarda uma surpresa para os leitores! Eis pequeno trecho do primeiro capítulo:

Above all, I don’t want to produce anything that smacks even remotely of “How To Write Comics the Alan Moore Way”. Teaching a generation of emergent artists or writers how to copy the generation that came before was a stupid idea when Marvel introduced their “How to Draw” book and it would be equally irresponsable of me to instruct up-and-coming writers on how to write sickly extravagant captions like “Dawn transformed the sky into an abattoir” or whatever. John Buscema is a fine artist, but the industry doesn’t need 50 people who draw like him any more than it needs people who write like me. […].

The reason why comic writing is perhaps even a greater cause for concern than comics book drawing is that the writing comes at the very start of the process. If the thinking behind the writing is inadequate, the script is inadequate. Consequently, even in the hands of the best artist in the world, the finished comic will lack something that no amount of flashy coloring or printing can hope to compensate for.