Archive for the ‘Matérias e Entrevistas’ Category

Entrevista de Craig Thompson no Gibizada

Maio 30, 2009

Hoje saiu uma ótima matéria do Télio Navega no caderno “Prosa e Verso” do jornal O Globo sobre os novos lançamentos de HQs pela editora Companhia das Letras (sob o selo Quadrinhos na Cia). Ele também faz uma entrevista com Craig Thompson, autor de “Retalhos”, que pode ser conferida no seu blog Gibizada.

Retalhos (Blankets) é minha HQ favorita. Jamais li qualquer quadrinho que se comparasse a este. Eu sempre me interesso por histórias sobre relacionamento, desencontros, amor e separação. E Retalhos fala sobre isso tudo em suas mais de 600 páginas.

blankets
Na minha humilde opinião, é obra de arte em forma de quadrinhos. Imperdível!

Anúncios

Universo HQ – Melhores de 2008

Janeiro 21, 2009

logo_universohq

Eu sei que já publicamos alguns posts sobre listas com as melhores HQs de 2008. Mas hoje saiu a lista definitiva do Sidney Gusman, publicada pelo site UniversoHQ:

01 – Leões de Bagdá
02 – Pequeno Principe
03 – O Cabeleira
04 – Chibata! – João Cândido e a revolta que abalou o Brasil
05 – Fell – A cidade brutal – Volume 1
06 – Prontuário 666
07 – Mesmo Delivery
08 – Antes do Incal 03
09 – Che – Os últimos dias de um herói
10 – O Fotógrafo # 2 – Uma história no Afeganistão
11 – Surfista Prateado – Réquiem
12 – Macanudo # 1

Vocês podem conferir a lista completa aqui.

Mais Listas… (atualizado)

Dezembro 26, 2008

Complementando o post anterior, saiu mais uma lista, dessa vez pelo site 4o mundo. A lista indica os 10 melhores quadrinhos de 2008 e foi feita por Cadu Simões:

“Esta HQ foi uma outra grande surpresa pra mim esse ano. Ela é uma adaptação do romance de Franklin Távora feita pelos roteiristas Leandro Assis e Hiroshi Maeda e belamente desenhada por Allan Alex.

O que mais me agrada em O Cabeleira é a excelente narrativa cinematográfica que os roteirista impuseram a história, além de todo o clima faroeste à moda de Sérgio Leone. Por esse grande trabalho, Leandro e Hiroshi são os grandes favoritos a ganharem o Troféu HQMix de Roteirista Revelação o ano que vem – e sorte a minha que concorri neste ano =)”

ATUALIZAÇÃO: O Cabeleira está em mais uma lista dos melhores do ano, dessa vez na de José Aguiar do Quadrinhofilia. Muito bom!

Listas

Dezembro 23, 2008

O fim do ano chega e com ele chegam as listas de melhores filmes, livros, peças de teatro… e quadrinhos. E para nossa felicidade O Cabeleira tem sido lembrado pelos críticos.

Confiram as listas do Gibizada (do Telio Navega) e da Revista O Grito!

É um estímulo para que nosso próximo quadrinho seja ainda melhor! E aproveito para dizer que, nesse exato instante, há um desenhista com nosso novo roteiro nas mãos imaginando as belas imagens que ilustrarão a saga a la Sergio Leone que criamos. Mais detalhes em breve…

Starte

Dezembro 11, 2008

globonews

Esta semana estamos no Starte, da Globo News, juntamente com Angeli e Lourenço Mutareli, falando sobre cinema e quadrinhos. O programa ficou muito bacana. Vale a pena conferir! O Starte vai ao ar nos seguintes horários:

Dom 14:30
Ter 23:30
Qua 06:30, 12:30, 18:30
Qui 04:05
Sáb 07:05

Também é possível assistí-lo aqui.

God Save the Queen

Novembro 12, 2008

O jornalista e criador do site Bigorna.net, Eloyr Pacheco, escreveu uma bela resenha sobre O Cabeleira, que já postamos por aqui.

Agora, graças a ele, O Cabeleira foi parar no velho continente! Na terra da Rainha!

O Eloyr Pacheco escreve uma coluna sobre quadrinhos na Revista Real, voltada para os brasileiros na Inglaterra. Na edição de agosto há uma matéria sobre o bom trabalho feito pela editora Desiderata. E lá está O Cabeleira!

real

Tiroteio é mais fácil

Outubro 29, 2008

O Hiroshi já falou no post anterior sobre a matéria que saiu no Megazine. Teve até essa foto aí:

Pois é. Foi nosso breve “momento celebridade”. E deu pra perceber como é dura a vida dessa gente que sai em fotos nos jornais e revistas.

Pra começar, o dia da foto foi marcado, desmarcado e remarcado umas 4 ou 5 vezes. Eu saía de casa e no meio do caminho recebia um telefonema do Felipe, assessor de imprensa da Ediouro, avisando que a foto estava adiada.

E quando finalmente chegou o grande dia, foi bizarro. O fotógrafo, um senhor magro e meio fashion, não tinha a menor idéia de como deviamos tirar a foto. Só ficava repetindo: “É muito mais fácil fotografar tiroteio!”  

Penamos. Tentamos de tudo. Fingimos ler o quadrinho. Fingimos analisar alguns originais do Allan Alex. Posamos para a câmera. Fingimos que ela não estava ali.

Tiroteio deve ser mesmo muito mais fácil…

Literatura em Quadrinhos

Outubro 25, 2008

Esta semana saímos no Megazine! A matéria fala sobre a adaptação de obras clássicas e como isto está se tornando um filão do mercado editorial. Leiam!

Aproveitanto o tema, gostaria de falar um pouco sobre o processo de adaptação de uma obra literária. Algumas pessoas pensam que adaptar é tarefa simples, ou seja, fazer um resumo do livro e desenhar esse resumo. De fato, algumas (péssimas) adaptações são exatamente isso. Elas parecem mais livros ilustrados do que HQs.

Felizmente, essa visão está mudando. É preciso entender que cada mídia possui seu próprio formato e linguagem. Adaptar um livro para cinema é diferente de adaptar para uma HQ, que por sua vez é diferente de adaptar para Teatro ou TV. Quando o Leandro e eu adaptamos “O Cabeleira” para o cinema, tivemos várias conversas sobre até onde deveríamos alterar a história original. É uma decisão difícil: “trair a obra” ou “trair o cinema”?

Depois de diversos tratamentos, penso que chegamos no ponto correto. Os principais elementos da obra original estão ali, embora tenhamos feito uma releitura e intensificado alguns conflitos. A experiência foi tão boa que estamos preparando uma nova adaptação. O livro? Por enquanto eu não posso revelar… mas não é Machado de Assis!

O Cabeleira foi no Jô

Setembro 6, 2008

E quem levou foi o Allan Alex. A entrevista foi uma típica conversa do Allan Alex. Você não sabe como é uma típica conversa do Allan Alex? Para ter uma idéia, veja o resumo da entrevista disponível no site do programa:

Allan Alex é ilustrador e busca inspiração na Central do Brasil, onde mora há dez anos. Filho adotivo, chegou a fugir de casa diversas vezes. Aos 12 anos já trabalhava como camelô. Allan casou-se diversas vezes, mas não sabe dizer exatamente quantas – desistiu de contar na 13ª união. Entre as namoradas, diversas prostitutas. Uma delas tinha de ser revistada todas as vezes em que eles visitavam amigos. Outra dizia ser parente do Conde Drácula. Apesar de treinar capoeira cerca de oito horas por dia, Allan foi usuário de drogas durante muitos anos. Parou após chegar à conclusão de que a vida que levava nunca seria compatível com o desenho. Allan acaba de ilustrar a HQ “O Cabeleira”, dos roteiristas Leandro Assis e Hiroshi Maeda.

O Jô Soares ficou tão interessado nas histórias do Allan, que mal falou do livro. Foi só no finalzinho. Mas tudo bem. Ter chegado lá já foi legal.

Também no site do programa há um pequeno trecho da entrevista. Procure no dia 3 de setembro, quarta-feira.

Qual a relação entre mulher pelada e economia?

Julho 25, 2008

A trajetória de O Cabeleira na mídia continua firme e forte: hoje saiu uma matéria muito bacana no jornal Gazeta Mercantil. Vale a pena ser conferida.

Mas não é só de economia que vive o homem. O Cabeleira fez sua aparição na revista Sexy Premium deste mês!

O Sucesso Continua

Julho 19, 2008

E as matérias sobre O Cabeleira continuam aparecendo. Sempre positivas!

Para quem quiser conferir as últimas:

Resenha de Eloyr Pacheco, do site Bigorna.net

Matéria de Bruno Dorigatti na Revista Idiossincrasia, do Portal Literal.

E aqui está uma matéria mais antiga, que saiu logo que O Cabeleira começou a ser desenhado:

Matéria de Denise Mota na revista Trópico.

Sucesso

Julho 12, 2008

A divulgação de O Cabeleira foi ótima. Saiu em vários jornais, revistas e… até no Faustão!

Confesso, porém, que eu estava ansioso para saber qual seria a opinião da crítica. No dia 23 de junho li as primeiras matérias escritas por Paulo Ramos (Blog dos Quadrinhos) e Télio Navega (Gibizada, O Globo). Ambas foram maravilhosas. Diversos outros críticos fizeram ótimas resenhas sobre a HQ, sempre enfatizando a qualidade do roteiro e desenhos do Allan. Sidney Gusman chega a afirmar que O Cabeleira “se trata de uma das melhores HQs nacionais publicadas nos últimos anos”.

O Cabeleira é um daqueles casos raros em que tudo anda em sincronia, não apenas pelo roteiro e desenho, mas também no trabalho, muitas vezes invisível, de todos os envolvidos: na coragem da ex-editora da Desiderata (Martha Batalha – a primeira a acreditar no projeto), na visão do nosso Editor de Quadrinhos (Lobo), no lindo projeto gráfico (Odyr) até ao tratamento das imagens (Vitor Manes).

Para lerem as críticas completas, acessem os links:

Sidney Gusman do Universo HQ


Paulo Ramos do Blog dos Quadrinhos, UOL


Télio Navega do Gibizada, O Globo


Bruno Accioly do site Outra Coisa


Pedro Cirne da Folhapress


Blog do Jornalista Gutemberg